blog

FORA DE FOCO - "DEU JUMENTO" no POYLATAM 2015 - 1º LUGAR


ERA UMA VEZ... contemplado com duas premiações no maior concurso ibero-americano de fotografia. 

1º Lugar - Categoria Cotidiano Individual.

1º LUGAR - CATEGORIA COTIDIANO INDIVIDUAL 

 

Trata-se do  POYLATAM que contou com a participação de 31.100 imagens e 168 multimídias inscritas por candidatos de quase todos os países ibero-americanos.

Premiada com o Primeiro Lugar, na categoria Cotidiano Individual, o destaque foi para a fotografia acima realizada no Estado do Rio Grande do Norte (RN) que flaga um homem capturando um jumento “selvagem” sobre as Dunas. Tenho constatado junto ao público que esta imagem desperta uma certa curiosidade sobre a cena. A título de esclarecimento ela foi realizada no contexto de um programa que objetiva a remoção dos animais soltos nas estradas e dunas do Estado do RN, um projeto incipiente que merece mais atenção, vigilância e maior interesse do governo em busca de uma solução mais concreta para o assunto uma vez que animais e humanos tem sido vítimas de acidente fatais. 

 Já na categoria Retrato o Segundo Lugar foi atribuído para a imagem de um menino ao lado de um jumento, captada no interior do RN durante uma corrida de Jegues. 

 

2ª Lugar - Categoria Retrato

2º LUGAR - CATEGORIA RETRATO INDIVIDUAL 

 

Para aqueles que ainda não conhecem, ERA UMA VEZ... é um projeto de documentação fotográfica desenvolvido no âmbito do prêmio MARC FERREZ de FOTOGRAFIA 2013 cujo enfoque foi resgatar a importância cultural, social e econômica que este animal representou para o nordeste brasileiro. Em nome desse nobre e humilde animal me sinto verdadeiramente honrado com tal conquista, ressaltando que o maior mérito não atribuo ao fotógrafo e sim aos jumentos, aos jegues, que merecem maior atenção uma vez que esta espécie tem sido vítima de maus tratos, abandono e ameaça de extinção.

A versão digital do livro ERA UMA... está disponível para download no site www.buainain.com, aba download. 

 

Uma das imagens submetidas ao concurso.

A edição do POYLATAM deste ano aconteceu no México e foi composta por uma comissão julgadora internacional, entre alguns nomes:

Mike Davis (USA), diretor para Fotografia Documental da Fundação Alexia Tsairis e ex editor da Revista National Geographic.

Magdalena Herrera (Cuba/Francia), diretora de fotografia da Revista Geo francesa e ex-diretora de arte e de fotografia da Revista National Geographic francesa.

 Gary Knight (Inglaterra) fundador y diretor do Programa de Estudos Narrativos e Documental no Instituto de Liderazgo Global de la Universidad de Tufts. Co-fundador da Agência VII, Festival de Angkor e por diversas vezes presidente do corpo de jurados do concurso World Press Photo.

 Tomás Munita (Chile). Fotógrafo documental independente colabortador do New York Times, GEO, Stern, Times e National Geographic. Vencedor de vários prêmios internacionais, entre eles  três vezes o World Press Photo, o POYLATAM e o Oskar Barnack.

 Yolanda Andrade (México) – Estudou fotografia em Rochester, N.Y. Bolsista da Fundação John Simon Guggenheim Memorial Foundation para desenvolver o seu projeto fotográfico sobre a Cidade do México. Autora de vários livros, a sua obra se encontra em acervo de vários museus e instituições importantes do mundo.

 Tiago Santana (Brasil). Um dos fotógrafos mais respeitados do Brasil com vários prêmios e livros publicados. Ao lado de Sebastião Salgado foi o segundo fotógrafo brasileiro a publicar na renomada coleção francesa, Photo Poche. Fundador da Editora Tempo D’Imagem, especializada em fotografia. 

Uma das imagens submetidas ao concurso, Categoria Cotidiano Individual. 

Uma das imagens submetidas ao concurso, Categoria Cotidiano Individual. 


Uma das imagens submetidas ao concurso, Categoria Cotidiano Individual. 

Uma das imagens submetidas ao concurso, Categoria Cotidiano Individual.