impressões

O Índio

click for more

click for more

por  José Eduardo Agualusa

 

"(...) Não é um índio, pois, é um discurso de amor, e de perdão, da floresta e dos povos da floresta. Vamos olhar este rosto – ou vamos desviar os olhos? "

 

José Eduardo Agualusa nasceu no Huambo, Angola. Os seus livros estão traduzidos em 25 idiomas. Também escreveu várias peças de teatro: "Geração W", "Aquela Mulher", "Chovem amores na Rua do Matador" e "A Caixa Preta", estas duas últimas juntamente com Mia Couto.